X

Saiba como a nuvem e as novas tecnologias habilitam a transformação nos negócios e na sociedade.

Traci Wade: “as pessoas precisam ver pessoas que se pareçam com elas”

Em visita ao Brasil, Diretora da área de Diversidade e Inclusão da Oracle destaca importância de empresas terem equipes mais diversas e inclusivas.

Nos últimos anos, cada vez mais empresas vem se atentando para a importância de contar com equipes mais diversas e inclusivas em sua força de trabalho. Além da questão ética e de igualdade na sociedade, a diversidade também pode trazer benefícios para as companhias, como aponta um estudo recente da McKinsey sobre o tema, intitulado “A diversidade como alavanca da performance”.  

Para a Diretora da Área de Diversidade e Inclusão da Oracle, Traci Wade, a maior conscientização por parte das organizações sobre a questão acontece por razões diferentes. “Em parte porque é a coisa certa a fazer. E outra parte, como sempre falei aqui na Oracle, é o lado do negócio disso, já que os nossos clientes são diferentes, possuem origens econômicas e sociais diferentes”, explica a executiva norte-americana, que está há cerca de 15 anos na companhia.

-Leia mais: Novo software gera oportunidades para deficientes visuais na IBVI

“Como nós sabemos, 56% da população do Brasil é negra e, em algum momento, você vai acabar com o pipeline se não começar a expandir e engajar e ampliar os pensamentos sobre como ampliar o alcance em termos de talentos”, aponta Traci, que esteve no Brasil na primeira semana de novembro para participar de atividades da Semana da Consciência Negra da Oracle.

Em sua segunda visita ao país – a primeira aconteceu no final de 2018, a Diretora da Área de Diversidade e Inclusão da Oracle também realizou uma apresentação na conferência Juntos, promovida pela McKinsey. Com foco em incluir e conectar talentos negros no mercado de trabalho, o evento foi realizado em 9 de novembro em São Paulo.

“Penso que é importante termos eventos deste tipo para falar sobre união e inclusão”, afirmou Traci sobre a iniciativa. “As pessoas precisam ver pessoas que se pareçam com elas. Elas precisam entender qual a jornada dos outros, e o que posso aprender com essa jornada, quais sucessos eles tiveram, as armadilhas a serem evitadas, para encorajá-las a nunca desistir, continuar lutando pelo que é importante para você.”

GenO
Além disso, a executiva participou de um encontro com os participantes do GenO (Generation Oracle), programa de estágio inovador da Oracle na América Latina, que conta com entrevistas às cegas, graças a novas soluções tecnológicas de recrutamento, de forma a garantir diversidade em todos os aspectos.

“Foi uma experiência incrível. É um ótimo programa. E penso que é um programa escalável, que pode ser levado para além da América Latina, para os Estados Unidos e para outros escritórios da Oracle pelo mundo.”

Be the first to comment

Comentários ( 0 )
Please enter your name.Please provide a valid email address.Please enter a comment.CAPTCHA challenge response provided was incorrect. Please try again.