X

Saiba como a nuvem e as novas tecnologias habilitam a transformação nos negócios e na sociedade.

Podcast: a evolução do ERP e do CFO

Guest Author

Terceiro episódio do Oracle Cloud Now fala sobre novo papel do diretor financeiro e transformações necessárias para reposicionamento da área de finanças.

Por Cristina De Luca e Silvia Bassi*

Nos últimos anos, o CFO passou a desempenhar um papel cada vez mais importante em impulsionar a mudança em suas empresas. Além das responsabilidades tradicionais do cargo, o número de funções que reportam aos diretores financeiros está aumentando, conforme uma pesquisa recente da McKinsey.

Mas como os diretores financeiros podem aproveitar suas crescentes responsabilidades e expertise em finanças tradicionais para impulsionar a agenda do C-suite (grupo de executivos de alto escalão) e liderar mudanças substanciais para as organizações?

A resposta está no reposicionamento da área, considerando três grandes transformações, que caminham de forma conjunta e integrada, segundo Paulo Guiné, executivo sênior de desenvolvimento de negócios ERP (Planejamento de Recursos Corporativos) e EPM (Gerenciamento de Desempenho Corporativo) da Oracle para a América Latina: a transformação organizacional, a transformação funcional e a transformação digital.

A transformação organizacional “permite que os profissionais de finanças saiam um pouco do escritório e estejam cada vez mais próximos da área de negócios”, diz Guiné, que é o entrevistado do mais novo episódio do podcast Oracle Cloud Now, que trata da evolução do ERP e do papel do CFO (confira abaixo).

 

Já a transformação funcional, explica, consiste em pegar os modelos atuais de informações do financeiro a incluir os detalhes das diferentes operações – basicamente ampliar a análise dos dados disponíveis, tendo como principal objetivo incrementar a capacidade de "monitorar" e "orientar" o negócio e sua performance. E a transformação digital, com tecnologias disruptivas como blockchain e inteligência artificial, “ajuda as empresas a serem mais ágeis e inteligentes”.

A boa notícia é que mudanças nas ferramentas de gestão estão apoiando essas transformações: mais da metade das funções relacionadas ao CFO ou finanças estão na vanguarda da digitalização, seja em automação, análise, processos robóticos ou visualização de dados.

A Inteligência Artificial (IA) e o machine learning (aprendizado de máquina) estão prontos para assumir algumas funções presentes nas atuais soluções de Gestão Empresarial (ERP). E os insights gerados a partir de técnicas avançadas de análise e de visualização de dados, prontos para auxiliar os CFOs a antecipar o que vem a seguir para os negócios e tomar decisões sábias, aumentando sua influência e a da equipe financeira na organização.

Na Oracle, essa mudança tecnológica está materializada no Oracle ERP Cloud e no Adaptive Intelligent Apps for ERP, plataformas construídas para permitir que as empresas aproveitem os benefícios de tecnologias como blockchain, IA, computação cognitiva, e Internet das Coisas para eliminar a burocracia, ampliar a colaboração  e aumentar a eficiência operacional da área financeira.

“O foco é o aumento da produtividade”, explica Guiné. “Hoje o fechamento contábil precisa acontecer diariamente. A empresa precisa ter o real x orçado orientado pelo que realmente fez, não pela visão econômica financeira. Conhecer a análise de marketing por campanha, não por conta contábil”, aponta o executivo.

Oracle Cloud Now
Com um total de 4 programas, com duração de cerca de 15 minutos cada, a série de podcasts Oracle Cloud Now traz entrevistas sobre temas como transformação digital, Cloud 2.0, ERP na nuvem e banco de dados autônomo, conduzidas pelas jornalistas Cristina De Luca e Silvia Bassi.

*As jornalistas Cristina De Luca e Silvia Bassi são responsáveis pela newsletter The Shift

Be the first to comment

Comentários ( 0 )
Please enter your name.Please provide a valid email address.Please enter a comment.CAPTCHA challenge response provided was incorrect. Please try again.