X

Saiba como a nuvem e as novas tecnologias habilitam a transformação nos negócios e na sociedade.

Oracle Autonomous Database chega ao data center do cliente

This is a syndicated post, view the original post here

Ótima notícia: o Autonomous Database já está disponível para uso on-premise via Autonomous Database on Exadata Cloud@Customer.

Por Robert Greene*

Desenvolvedores e administradores de aplicativos de banco de dados agora podem usar on-premise o melhor banco de dados do mundo, o Oracle Autonomous Database - anteriormente disponível apenas na Oracle Public Cloud – para oferecer suporte a aplicativos no data center de sua empresa. O Autonomous Database no Exadata Cloud@Customer permite a transformação mais simples para o autoatendimento de banco de dados em nuvem e pagamento conforme o uso, com hardware, software e preços idênticos na nuvem pública e on-premise.  
 
O que é o Autonomous Database
O Autonomous Database representa uma mudança no setor de bancos de dados semelhante à que está acontecendo no setor automotivo, em que os carros agora estão estacionando e se dirigindo sozinhos, sem intervenção humana direta.  O Autonomous Database está levando uma transformação tecnológica e uma mudança de modelo financeiro para a maneira como as pessoas aproveitam o melhor banco de dados do mundo, o Oracle Database.  O Autonomous Database oferece um recurso de banco de dados autogerenciado conduzido por machine learning que se baseia nativamente na extensa pilha de tecnologia e em melhores práticas da Oracle para operação de autocondução, autossegurança e autorreparo. O Autonomous Database é totalmente autogerenciado, permitindo que você se concentre em inovações de negócios em vez de em tecnologia e é consumido em um verdadeiro modelo de assinatura com pagamento pelo uso para reduzir o custo operacional. 

-Leia mais: Anunciando Oracle Dedicated Region Cloud@Customer e Oracle Autonomous Database on Exadata Cloud@Customer

O que é o Exadata Cloud@Customer
Muitas empresas não podem simplesmente migrar para a nuvem pública devido a desafios que envolvem a natureza regulatória de seus dados, a leis de soberania que exigem que os dados permaneçam no país de origem e às complexidades do entrelaçamento de sistemas presentes nas arquiteturas corporativas. O entrelaçamento de sistemas acontece porque os aplicativos individuais são combinados com outros de tal forma que as mudanças em um afetam os outros, complicando assim uma migração para a nuvem pública.  Para mitigar esses desafios e proporcionar aos clientes os benefícios do autoatendimento em nuvem e de um modelo financeiro de pagamento conforme o uso, a Oracle introduziu o Exadata Cloud@Customer em 2017, levando a nuvem a clientes que não podem simplesmente se transformar para nuvem pública.  
 
O que é único no Autonomous Database no Exadata Cloud@Customer
Com a introdução do Oracle Autonomous Database no Exadata Cloud@Customer (ADB-ExaC@C), a responsabilidade pelo gerenciamento da infraestrutura e do software de banco de dados é transferida para as operações autônomas da Oracle e a Oracle se torna responsável pela integridade e pelas operações do ciclo de vida dos bancos de dados. O Exadata Cloud@Customer permite aos usuários do Autonomous Database aproveitar sua identicidade de arquitetura com a nuvem pública da Oracle e com a experiência do Cloud@Customer on-premise no data center do cliente.

A identicidade de arquitetura possibilita o uso híbrido, como desenvolvimento e testes de estresse em nuvem pública com implantação de produção on-premise.  Além disso, o Autonomous Database é incomparavelmente elástico na medida em que pode se expandir e reduzir com base na carga de trabalho recebida em tempo real ao mesmo tempo em que permanece completamente on-line, permitindo assim um verdadeiro modelo de pagamento conforme o uso para usuários do ADB-ExaC@C.

O Autonomous Database também lida com o isolamento da carga de trabalho e alocações dinâmicas de recursos para evitar a subutilização de recursos físicos e otimizar ainda mais os custos.  Esses recursos do ADB-ExaC@C significam que os usuários não precisam mais se preocupar com tarefas administrativas, como atualizações de banco de dados ou aplicações de patches de segurança, que são tratadas pelas operações de frota autônomas da Oracle.  Os clientes simplesmente colocam políticas operacionais autônomas em prática e as camadas de software autônomas operam dentro das diretrizes das políticas e o resultado final é uma nuvem de banco de dados no data center do cliente que fornece governança e melhores práticas para o TI, proporcionando independência, agilidade e autoatendimento completo para desenvolvedores e DBAs de linha de negócios.
 
Como começar a usar o Autonomous Database no Exadata Cloud@Customer
O Autonomous Database no Exadata Cloud@Customer é fácil de começar a usar e o primeiro passo é assinar uma infraestrutura dedicada do Exadata Cloud@Customer.   A Oracle fornece e trabalha com o TI para registrar e ativar a infraestrutura com um painel de controle regional em sua nuvem pública.  O Autonomous Database no Exadata Cloud@Customer oferece uma vantagem para o TI e para desenvolvedores de equipe de projeto, pois o TI implementa governança e melhores práticas ao mesmo tempo em que libera os desenvolvedores para inovar com uma nuvem de banco de dados por autoatendimento simples de usar.

Um grupo de Frota de TI é criado e aloca clusters de VM e contêineres de banco de dados para a empresa, separando os ambientes de desenvolvimento e teste, de pré-produção e de produção de acordo com as melhores práticas.  Desenvolvedores de equipe de projeto e/ou DBAs recebem acesso a ambientes com rótulos específicos com cotas estabelecidas por planos de orçamento da organização.  Os desenvolvedores e DBAs fazem uso do Autonomous Database dentro dos limites de sua cota definida e são livres para criar, iniciar, interromper, escalonar, clonar, cancelar e outras ações em seus Autonomous Databases com independência completa do grupo Admin. da Frota.  É possível aos desenvolvedores receber um Autonomous Database crítico com o clique de um botão ou com a chamada de uma CLI ou um comando REST em questão de segundos.
 
Problema resolvido
O Autonomous Database no Exadata Cloud@Customer resolve os desafios regulatórios e de entrelaçamento de sistemas que alguns clientes têm e que impedem a migração para uma nuvem pública. Ele leva os benefícios procurados em uma solução de banco de dados baseada em nuvem diretamente para o seu data center.  E oferece aos clientes uma capacidade completa de banco de dados por autoatendimento implementando melhores práticas da Oracle em uma solução autônoma e autogerenciada. O Autonomous Database no Exadata Cloud@Customer possibilita a transformação mais simples para a nuvem de banco de dados, otimizando o custo por meio de verdadeiro pagamento conforme o uso, eliminando o trabalho manual e os erros humanos com um banco de dados autoconduzido, autoprotegido e autorreparado com base em machine learning.

*Robert Greene é Diretor-Sênior de Gerenciamento de Produtos da Oracle

Be the first to comment

Comentários ( 0 )
Please enter your name.Please provide a valid email address.Please enter a comment.CAPTCHA challenge response provided was incorrect. Please try again.