X

Saiba como a nuvem e as novas tecnologias habilitam a transformação nos negócios e na sociedade.

Comparando soluções VMware na nuvem: Oracle é "a experiência mais consistente"

This is a syndicated post, view the original post here

A equipe do CTO Advisor testou a Oracle Cloud VMware Solution e outras opções disponíveis no mercado. A conclusão? A Oracle oferece uma abordagem bastante diferente das outras, mais próxima de “apenas o VMware que você já conhece” na nuvem.

Por John Troyer*

Organizações de todo o mundo dependem da plataforma de infraestrutura virtualizada da VMware. À medida que essas organizações recorrem à nuvem pública devido à sua elasticidade, economia e serviços avançados, muitas estão investigando como suas cargas de trabalho VMware podem fazer parte dessa transição. Todos os principais provedores de nuvem pública lançaram serviços verificados do VMware Cloud como parte de suas ofertas. Essas soluções partem do mesmo software, mas os provedores de nuvem adotaram diferentes abordagens de provisionamento, conectividade e gerenciamento para integrar o VMware em suas plataformas.

-Leia mais: Oracle acelera migração da nuvem com novos serviços do Oracle Cloud Lift

Quão semelhantes são os serviços verificados do VMware Cloud nas nuvens públicas e quais são suas diferenças operacionais? Se uma organização executa o VMware on-premises e deseja expandir ou substituir um data center, ela pode usar as mesmas habilidades, processos e ferramentas quando seus Data Centers Definidos por Software (SDDCs) fazem parte de uma nuvem pública?

CTO Advisor investiga
Para responder a essas perguntas, o analista e consultor Keith Townsend, também conhecido como "The CTO Advisor", montou uma equipe para realizar testes práticos em três serviços de nuvem pública baseados na plataforma VMware Cloud —vSphere, vSAN e NSX — e para documentar a experiência.

A equipe do CTO Advisor testou a Oracle Cloud VMware Solution e outras opções disponíveis no mercado. A conclusão? A Oracle oferece uma abordagem bastante diferente das outras, mais próxima de “apenas o VMware que você já conhece” na nuvem.

Quando a equipe da Oracle Cloud projetou e construiu a solução Oracle VMware, uma prioridade clara era a capacidade de uma equipe de VMware usar suas habilidades e ferramentas existentes. Para obter mais contexto sobre a solução e nossos princípios de projeto, consulte a publicação no blog Anunciando a disponibilidade global da Oracle Cloud VMware Solution.

O relatório do CTO Advisor discute como as organizações querem usar nuvens públicas para suas cargas de trabalho VMware. Em particular, o relatório examina usos corporativos comuns, como recuperação de desastres, expansão e migração de data centers e arquiteturas de nuvem híbrida que dependem de serviços on-premises e baseados em nuvem.

O cenário usado no relatório para esse teste se baseia em preocupações reais: uma resposta à pandemia que requer uma rápida mudança de aplicativos e desktops existentes para a nuvem, o que, por sua vez, requer uma expansão da capacidade tanto dos recursos do data center quanto da conectividade de longa distância.

O cenário de teste
Os membros da equipe do CTO Advisor têm profunda experiência como administradores e arquitetos de infraestrutura VMware. O CTO Advisor construiu um data center real em Chicago, com servidores, matrizes de armazenamento e comutadores. Como resultado, os resultados do relatório são baseados em implementações e testes reais feitos pela equipe do CTO Advisor, e não em arquiteturas teóricas criadas no papel.

A equipe projetou e implantou uma solução que conectou seu data center a cada uma das nuvens públicas que estavam testando. Em seguida, provisionaram um SDDC consistindo em VMware vSphere, vSAN e NSX instalado em um cluster de três servidores e o conectaram ao SDDC de VMware em seu data center on-premises.

Nesse cenário, a equipe imediatamente precisou de mais capacidade para acomodar uma nova força de trabalho remota usando desktops virtuais. Usando a conexão com cada nuvem, eles migraram e redirecionaram rapidamente partes de sua infraestrutura de desktop virtual existente do data center de Chicago para o cluster VMware em cada nuvem. Testaram também a migração de aplicativos baseados em VMware on-premises para a nuvem. Ao longo do caminho, eles testaram os procedimentos operacionais e as ferramentas existentes nesse novo ambiente em áreas como rede, gerenciamento, conformidade e proteção de dados.

Como a Oracle Cloud se saiu na comparação
Quando a equipe testou o failover, desativando um servidor ESXi com cargas de trabalho em execução, esse cenário de failover destacou as diferenças entre as soluções de nuvem pública, já que funcionou apenas na Oracle Cloud, que é a única solução que oferece acesso total ao vSphere e ao vCenter para administradores do VMware. As outras nuvens públicas não fornecem esse tipo de acesso total ao software VMware principal e aos servidores bare metal em que ele é executado. Na Oracle Cloud, a equipe também pôde controlar as versões e os níveis de patch do software VMware que estavam usando e usar outras ferramentas, como o SRM do VMware, da mesma forma que on-premises.

Outras diferenças apareceram nos testes das plataformas em nuvem, e o relatório explora como elas poderiam afetar as operações de equipes que executam VMware on-premises. Embora a plataforma VMware fosse semelhante em todos os casos, havia diferenças na forma como o cluster VMware interagia com o restante do ambiente de nuvem pública. Essas diferenças impactaram os operadores nos testes, que tiveram que se adaptar às capacidades de conectividade e gerenciamento de cada nuvem individualmente.

O relatório do CTO Advisor observa: “Por exemplo, a Oracle Cloud Infrastructure se destaca pela sua capacidade de fornecer suporte para aplicativos e operações empresariais existentes. A Oracle Cloud VMware Solution envolve esse tema em toda a solução técnica, fornecendo acesso bare-metal ao usuário. Gostamos de chamá-la de 'Modo VMware Especializado’ na nuvem pública, porque permite que os especialistas acessem todos os recursos da plataforma”.

O relatório conclui: “O valor dessa solução é que há uma curva de aprendizagem mínima. É uma implementação VMware do cliente sobre o hardware da Oracle — protegida, gerenciada e controlada pela sua equipe de VMware existente, mas alojada no hardware da OCI. A curva de aprendizagem achatada significa que o cliente pode entrar em operação assim que o canal de dados estiver instalado. Existem assistentes para construir a implementação do SDDC, a arquitetura Horizon View e muitos outros componentes da solução VMware necessária, praticamente prontos para uso”.

A equipe do CTO Advisor destacou os fortes recursos de rede da Oracle Cloud Infrastructure (OCI), incluindo a capacidade de aumentar e diminuir a escala das conexões do data center dinamicamente. A OCI permite que topologias de rede muito mais simples se conectem a um data center externo e conectem o ambiente VMware a outros serviços em nuvem oferecidos pela OCI.

Destaques de segurança
O relatório também destacou as diferenças de segurança e conformidade. As organizações podem estender os requisitos de conformidade e certificação existentes para a nuvem com a Oracle Cloud VMware Solution. Isso é possível porque os processos operacionais existentes permanecem consistentes com os ambientes VMware na nuvem, e os administradores também podem controlar a versão exata do software e os níveis de patch do software VMware.

A abordagem da Oracle permite que as organizações estendam sua governança existente para a nuvem e, em seguida, a alterem com uma taxa controlada pela organização, não pelo fornecedor de nuvem. Com a Oracle Cloud VMware Solution, o acesso ao ambiente VMware — incluindo o software VMware, seus dados e os servidores — está totalmente sob controle do administrador. Ao contrário de outros fornecedores, a Oracle Cloud oferece controle total ao cliente após as etapas de provisionamento automatizado e não tem mais acesso ao ambiente.

Contribui também para a segurança a oferta combinada de software VMware e nuvem pública da Oracle em uma única conta de um único fornecedor, o que não ocorre com todas as nuvens públicas. Esse tipo de simplicidade é um exemplo de como a Oracle Cloud projeta em segurança desde o início, desde sua arquitetura básica até seu portfólio de soluções integradas.

Conclusão
A última área examinada pelo relatório do CTO Advisor é a facilidade geral de uso para equipes que já possuem experiência no uso de soluções VMware. Sobre a experiência geral, o relatório afirma: “A solução Oracle Cloud VMware é a experiência mais consistente com o vSphere on-premises." (CTO Advisor, Comparação de Opções de VMware Cloud)

*John Troyer é Gerente de Principal de Produtos da Oracle

Be the first to comment

Comentários ( 0 )
Please enter your name.Please provide a valid email address.Please enter a comment.CAPTCHA challenge response provided was incorrect. Please try again.