Instalando Programas no OpenSolaris com a Ajuda do Blastwave

Eu estou atrás de alternativas livres ao MatLab. Como já ouvi dizer que o Octave tem a mesma semântica do MatLab, resolvi testá-lo - afinal, na aula eu uso o MatLab e não seria muito prático eu ter de refazer programação cada vez que fosse da faculdade para casa.

Como eu estou estudando o OpenSolaris, resolvi unir as duas coisas de uma vez e tentar instalar o Octave no OpenSolaris. O que não é exatamente um passeio no parque, graças ao fato da última versão compilada no SunFreeware ser a 2.7 e o programa já estar na versão 3.03. Ou seja, lá vamos nós baixar e compilar o Octave no braço.

Idealmente, compilar um programa deveria ser algo simples e rápido no terminal:

./configure

make

make install

E pronto. O problema é, justamente, após a primeira linha e os zilhões de dependências que você descobre que não tem.

Bom, eu já tinha baixado o Octave e começado a instalar as dependências pelo gerenciador de pacotes quando eu descobri o Blastwave. Eu cheguei a duas conclusões:

a) Uma remodelagem do site cairia bem, porque ele é feio que até doi

b) Meu deus, um gerenciador de pacotes com os pacotes que eu realmente preciso! Que lindo!

Se você já se aventurou com o OpenSolaris, já deve ter percebido que muitos dos programas que você precisa não estão no repositório padrão, o que pode ser um pouco frustrante. Utilizando o pkgutil e o repositório do Blastwave, no entanto, você multiplica os programas e bibliotecas que você possui à sua disposição - são mais de 1800 pacotes no repositório.

Alguns programas que você encontra nesse repositório:

mplayer - reprodutor de vídeos, muito popular entre usuários Linux

octave - ferramenta matemática

phpmyadmin - ferramenta de administração de php/base de dados

pidgin - cliente para mensagens instantâneas com opções para contes de MSN, GTalk, Yahoo!Messenger, etc.

É importante notar que ao instalar esses pacotes pelo pkgutil ele irá resolver todas as dependências no processo, o que é muito bem vindo.

Não que o Blastwave vá resolver todos os seus problemas, nem de longe. Mas configurá-lo uma única vez é mais simples do que compilar no braço e resolver dependências de um único programa que esteja disponível por lá. Acredite, eu sei, eu tentei compilar o Octave no braço e não foi agradável.

Embora ele não tenha todos os pacotes que você irá precisar, e muitas vezes a versão no repositório não seja a que você precisa - o Python disponível é o 2.5, enquanto que o mais recente está na versão 3 - mas trata-se de uma excelente adição ao repositório padrão.

Dito isso, na págin do Blastwave há uma página explicando como instalar o pkgutil e o repositório. Vou colocar aqui um pequeno resumo dos comandos que você deve digitar no terminal - caso deseje maiores detalhes, visite a página original.

-> Para não ter de digitar "pfexec" no início de cada comando, comece a sessão como super usuário:
$ su

-> Para instalar o pkgutil:
$ uname -a
$ cat /etc/release
$ pkgadd -d http://blastwave.network.com/csw/pkgutil_`/sbin/uname -p`.pkg
\* pressione enter \*

-> Do you want to continue with the installation of <CSWpkgutil> [y,n,?]
$ y
$ mkdir /etc/opt/csw
$ cp -p /opt/csw/etc/pkgutil.conf.CSW /etc/opt/csw/pkgutil.conf

-> Carregando o catálogo
$ /opt/csw/bin/pkgutil --catalog

-> Cuidando da segurança com com gnupg:
$ /opt/csw/bin/pkgutil --install gnupg textutils
$ /opt/csw/bin/gpg --keyserver pgp.mit.edu --recv-keys A1999E90
$
/opt/csw/bin/gpg --list-keys
(verifique se aparece a chave do Blastwave)
$ /opt/csw/bin/gpg --edit-key A1999E90
Command> Trust

Your decision? 5
Do you really want to set this key to ultimate trust? (y/N) y
Command> quit

Abra o arquivo  /etc/opt/csw/pkgutil.conf (com o gedit, via linha de comando mesmo para abrir como super usuário) e descomente essas linhas (ou seja, tire o sinal de jogo da velha no início da linha) (são as últimas):
#use_gpg=true
#use_md5=true

Recarregue o catálogo e observe que ele verifica a chave:
$ /opt/csw/bin/pkgutil --catalog

-> Os softwares são instalados em várias pastas do sistema, e para chamar os programas diretamente da linha de comando sem ter de digitar todo o caminho, você deve adicionar essas pastas ao PATH:

$ gedit (ou outro editor de texto ASCII que você preferir, como pico, emacs, etc) /etc/profile
Adicione uma linha como essa:
PATH=${PATH}:/opt/csw/bin:/usr/sbin:/usr/bin:/usr/dt/bin:/usr/openwin/bin:/usr/ccs/bin
Salve e feche o arquivo. Essa mudança fará efeito na próxima vez que você fizer login na máquina. Se você não quiser encerrar a sessão antes de testar o pkgutil, você pode colocar o PATH na sessão local digitando o seguinte no terminal:
$ PATH=/opt/csw/bin:/usr/sbin:/usr/bin:/usr/dt/bin:/usr/openwin/bin:/usr/ccs/bin
E então você pode instalar o pacote que quiser usando o pkgutil --instal nomedopacote. O meu primeiro pacote foi, claro, o octave:
$ pkgutil --install octave
E então pressionei Y algumas vezes, e depois eu já tinha o Octave à minha disposição.

Bom, é isso. Espero que isso ajude algumas pessoas como eu, e talvez faça alguém dar uma segunda chance ao OpenSolaris, já que conseguir de maneira simples os programas que você precisa é um primeiro passo para a adoção de um novo SO.







Comments:

Oi Cindy,

Gostaria de agradecer pelo tutorial, estou cada vez mais apaixonando com o OpenSolaris, e estou adotando ele como Sistema Operacional para desenvolvimento dos projetos que faço no framework que sou especialista, OpenCms! Já tive varias experiencias com outros sistemas operacionais e esse é o que tem sido melhor, na area de desenvolvimento java! Estou curtindo demais essa nova "paixão", e espero ser contribuir de alguma forma para o desenvolvimento do OpenSolaris aqui no Brasil, assim como contribuo com o OpenCms!

Gostei demais do seu blog, adicionei no favoritos, estarei sempre entrando para ler seus topiicos, gostaria de te encorajar mesmo a continuar!

Carinhoso abraço,

Deivs

Posted by Deiverson Silveira on Setembro 17, 2009 at 10:57 PM GMT+03:00 #

Obrigado pelo post, eu fiquei procurando os zilhões de dependencias por semana apenas para instalar um pacote, procurava e instalava, e cada vez mais que eu procurava e instalava parece que a lista aumentava, valeu o post, isso é identico ao yum e ao apt-get

Posted by cassule jacinto on Maio 28, 2010 at 12:18 PM GMT+03:00 #

Sua informação foi federal.
Por meu giro, há que te dizer trilegal.
Ou doutra moda, um baita de um trem.
Oxente, tu és paraibana?
Eta mule aretada.
You haven't been thunderstruck. Simple, you are the best.

Posted by Mario on Dezembro 07, 2010 at 02:35 AM GMT+03:00 #

Post a Comment:
  • HTML Syntax: NOT allowed
About

Blog com tutoriais relacionados a desenvolvimento de software, especialmente Java, e que conta com as experiências de desenvolvimento de uma menina maluquinha, digo, eu.

Search

Archives
« Abril 2014
SegTerQuaQuiSexSábDom
 
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
    
       
Today