X

Tecnologias emergentes e seu impacto em indústrias, mercados e na sociedade como um todo.

  • April 4, 2018

Os desafios na hora de migrar as Finanças para a nuvem

Guest Author

PMEs e grandes organizações precisam realizar um planejamento estratégico antes de levar os seus dados para um ambiente de cloud computing.

Autor: Redação Oracle

Contar com uma plataforma na nuvem para gerenciar operações financeiras pode trazer diversos benefícios para as empresas, como flexibilidade, custos menores, agilidade nas operações e maior estabilidade. Não por acaso, a prática vem ganhando força no segmento nos últimos anos.

Segundo um estudo publicado em setembro de 2017 pela Gartner, que entrevistou 439 executivos sêniores de Finanças pelo mundo, é esperado que em 2020 aproximadamente 36% das companhias usem a nuvem para fornecer suporte para mais da metade dos seus sistemas de transações. A pesquisa da consultoria ainda aponta que as PMEs (pequenas e médias empresas) estão adotando a nuvem de forma mais rápida do que as grandes organizações.

Apesar desse crescimento recente, muitas companhias ainda não realizaram a migração das suas soluções de finanças para um ambiente de cloud, uma etapa muito importante em direção à tão falada transformação digital.

Leia mais: As habilidades necessárias para um CFO moderno

Preocupações

De acordo com um estudo publicado em 2016 pela Accenture, intitulado “Cloud Computing in Financial Services – What’s Stopping You?”, as maiores preocupações das companhias de serviços financeiros sobre essa mudança para a nuvem envolvem a segurança e o controle dos seus dados e informações, além de temores sobre a complexidade do processo em si.

“É importante notar que a mudança para a nuvem pode ser complexa se não for pensada de forma correta”, destaca a Accenture no relatório em questão. Segundo a consultoria, essas preocupações e incertezas relacionadas à migração podem ser resolvidas por meio de “estratégias concretas, mudança cultural e planejamento robusto”.

Imagem ilustrativa

Estratégia

Para o fundador da consultoria Questions Consulting, Gabriel Gheorghiu, as empresas precisam levar em conta alguns pontos na hora de levar suas soluções de ERP (Planejamento de Recursos Empresariais) para a cloud. “Em uma época em que os dados são um dos bens mais valiosos, as companhias precisam segurar firme as informações que irão ajudá-las a servir melhor os seus clientes.”

O especialista ainda aponta alguns passos para as companhias seguirem neste processo: decidir quais dados manter, limpar e converter esses dados, e, por fim, colocar à prova e mapear essas informações.

“Migrar para a nuvem é relativamente simples à medida que os projetos de transformação de TI avançam, mas ninguém disse que esse é um processo sem os seus desafios. A coisa mais importante para qualquer empresa é ser tática e entender completamente como se preparar para a mudança antes de começar a colocar o plano em prática.”

Por isso, é importante contar com uma plataforma como a Oracle Financials Cloud, que oferece diferentes soluções para as empresas de todos os tamanhos levarem as suas finanças para a nuvem de forma simples, rápida e integrada.

Be the first to comment

Comments ( 0 )
Please enter your name.Please provide a valid email address.Please enter a comment.CAPTCHA challenge response provided was incorrect. Please try again.