X

Tecnologias emergentes e seu impacto em indústrias, mercados e na sociedade como um todo.

  • June 25, 2018

Inovação, empreendedorismo e diversidade são destaques do Oracle OpenWorld Brasil 2018

Guest Author

Autor: Redação Oracle

Com mais de 180 sessões de conteúdo, evento reuniu milhares de pessoas no Parque Ibirapuera, em São Paulo.

Nos dias 20 e 21 de junho, o Oracle OpenWorld Brasil 2018 mudou a rotina do Parque Ibirapuera, em São Paulo. Além dos frequentadores habituais, com seus cães, bicicletas, skates e roupas de ginástica, o local recebeu milhares de executivos, desenvolvedores e profissionais de diversas áreas do mercado para a disputada conferência anual da Oracle. 

Concentrado no Pavilhão da Bienal e no Auditório do Ibirapuera, o evento recebeu um total de 18 mil inscritos, quase o dobro da edição passada, para participar das mais de 180 sessões, incluindo keynotes, palestras, workshops e encontros entre executivos. 

Netflix 

No 1º dia do OpenWorld, o cofundador do Netflix, Mitch Lowe, relembrou momentos marcantes da história da empresa, que começou focada no aluguel de DVDs e hoje é a principal plataforma de streaming do mundo, com presença em mais de 190 países e investimentos maciços na produção de conteúdos originais. 

“Um desafio era levar o sentimento da locadora física, de falar com alguém, para o ambiente on-line. A personalização foi a resposta. Também descobrimos que a velocidade de entrega era essencial, muito importante. E isso impulsiona o Netflix desde 2001”, afirmou o executivo, que trabalhou até 2003 na empresa e hoje está à frente do MoviePass. 

Painéis e empreendedorismo 

No dia seguinte, dois painéis se destacaram na programação do evento ao discutir os desafios de se empreender no mercado brasileiro e a questão da diversidade nas empresas. 

Pela manhã, o presidente da Oracle do Brasil, Rodrigo Galvão, mediou uma conversa entre Robinson Shiba, fundador das redes China in Box e Gendai; Rogerio Salume, fundador da loja online Wine.com; David Curran, cofundador da plataforma profissional Love Mondays; e Rodrigo Galindo, CEO do grupo educacional Kroton. Na oportunidade, os executivos compartilharam suas experiências de gestão, discutiram os desafios para a tão falada transformação digital e falaram sobre as qualidades que um líder precisa ter. 

Salume destacou a necessidade de “controlar a ansiedade” na hora de adotar novas tecnologias e a importância de levar uma experiência “quase individualizada” aos clientes. Já Shiba, que também é apresentador do programa Shark Tank Brasil, do canal Sony, lembrou como a mudança para o digital fez com que a China in Box voltasse a ter bons resultados após um período em baixa. “Sem tecnologia, hoje os negócios infelizmente não podem existir”, afirmou o executivo, que apontou ainda que a tecnologia precisa ser uma ferramenta.  

Durante a tarde foi a vez de Marcio Silveira, VP do Conselho Geral Regional da Oracle América Latina, comandar um painel sobre o impacto da diversidade nos negócios. O debate contou com nomes como Danilo Mazzi, da Bloomberg; Christina Monteiro, do JP Morgan; e Guilherme Bara, da Basf.  

Entre outros assuntos, os especialistas falaram sobre a importância de contar com o engajamento das lideranças corporativas nas políticas de inclusão e os desafios na gestão das políticas de diversidade das companhias. “Investir em diversidade é investir para construir o melhor ambiente na sua empresa”, afirmou Guilherme.  

Também passaram pelo palco do OpenWorld 2018, no Auditório do Ibirapuera, o cofundador e CEO da Reserva, Rony Meisler, que fez uma apresentação sobre capitalismo consciente e as “pequenas e enormes revoluções” que podem ser feitas pelas empresas, e a diretora geral da Interbrand São Paulo, Daniella Bianchi, que falou sobre a importância das marcas fortes no mercado e como é possível alcançar isso. 

Be the first to comment

Comments ( 0 )
Please enter your name.Please provide a valid email address.Please enter a comment.CAPTCHA challenge response provided was incorrect. Please try again.