X

Tecnologias emergentes e seu impacto em indústrias, mercados e na sociedade como um todo.

  • July 17, 2019

5 passos para um ERP em nuvem moderno

Guest Author
This is a syndicated post, view the original post here

Migrar a solução local de ERP para a nuvem pode ser um processo tranquilo, confira as dicas para modernizar suas finanças sem dor de cabeça.

Por Christiane Soto *

Modernizar um sistema de ERP pode parecer um processo avassalador e que consome tudo – mas não precisa ser. Com um pouco de planejamento (e a lista de verificação certa), você pode dividir o processo em uma série de etapas gerenciáveis (digamos, cinco) para ajudá-lo a escolher com sucesso a solução de software de ERP certa para hoje e amanhã.

  1. Monte a equipe de seleção
  2. Compreenda o escopo das suas necessidades de TI e de negócios
  3. Monte o caso de negócios
  4. Prove o valor do investimento
  5. Escolha o parceiro certo

Leia mais: Implementação intensa ou em fases: qual é a melhor estratégia para instalar aplicativos em nuvem?

1. Monte a equipe de seleção

O primeiro passo em qualquer modernização bem-sucedida do ERP é reunir a tropa — a tropa certa. Sua equipe de seleção deve ter representantes da equipe executiva, dos líderes das linhas de negócios (LOB) afetadas, dos especialistas em processos, dos usuários finais etc. A solução de ERP em nuvem escolhida terá que assinalar muitas caixas diferentes para muitas pessoas diferentes. Portanto, a melhor maneira de garantir que as necessidades de todos sejam atendidas é envolver todas as pessoas certas no processo de tomada de decisão desde o início.

2. Compreenda o escopo das suas necessidades de TI e de negócios

Depois de reunir a equipe de seleção, a primeira tarefa deve ser definir o escopo do projeto. Isso requer (muitas) informações de toda a equipe. Concentre-se em criar uma lista abrangente de requisitos do sistema e de áreas potenciais para simplificar/eliminar/automatizar processos de negócios. Esta não é uma etapa para se apressar.  Leve o tempo que precisar e desenvolva as suas perguntas com cuidado.

3. Monte o caso de negócios

Com a sua equipe de seleção formada e as suas necessidades de TI e de negócios delineadas, você está pronto para começar a construir o seu caso de negócios. Um caso de negócios atraente e convincente é fundamental. Um bom caso de negócios descreve as razões para adquirir uma nova solução de ERP moderna, juntamente com questões substanciais e quantificáveis que precisam ser resolvidas. Concentre-se nos benefícios que a nova solução proporcionará a toda a empresa, e não apenas ao departamento financeiro. Soluções modernas e transformadoras devem beneficiar todos os funcionários (direta ou indiretamente), e o caso que você defender para a migração precisa refletir isso tanto quanto possível. Por isso, reúna as necessidades de TI e de negócios que identificou e ligue-as a questões de negócios que a equipe executiva pretende abordar.

4. Prove o valor do investimento (TCO vs. ROI)

Há mais um passo para conquistar o apoio e a adesão de executivos seniores, e é um passo enorme. Você terá que demonstrar que considerou exatamente como a migração do seu sistema de ERP para a nuvem afetará positivamente os resultados da empresa. Duas medições precisarão ser levadas em conta.

Custo Total de Propriedade (TCO)

O TCO fornece uma medida realista e holística dos custos de longo prazo necessários para adquirir e operar soluções de tecnologia. Essa métrica geralmente é a principal consideração ao avaliar possíveis opções de aplicativos de negócios, especialmente quando essas opções têm as mesmas metas e os mesmos processos para alcançar aquelas metas. Pesquisas concluíram que o TCO cumulativo de uma solução de ERP em nuvem foi (em média) 45 por cento menor que o de uma solução de ERP no local para pequenas e médias empresas (PMEs) ao longo de uma vida útil de quatro anos. Isso não significa que o seu processo de seleção e implementação de ERP irá gerar essas mesmas economias de custos, mas mostra que os números são grandes o suficiente para chamar a atenção de alguém.

ROI (Retorno sobre o Investimento)

O ROI é outro método comumente usado para avaliar e priorizar investimentos em tecnologia. Normalmente é usado para comparar investimentos que revelam novas oportunidades da receita principal e de crescimento. O ROI e os benefícios de longo prazo de uma solução de ERP em nuvem também podem ser extensos. Antes que a equipe executiva aprove uma grande despesa, ela quer saber se o dinheiro permitirá melhorias/iniciativas/inovação que valem mais do que o investimento. Caso contrário, seria melhor colocar o dinheiro em outra parte ou simplesmente não gastá-lo.

5. Escolha o parceiro certo

Depois de garantir o seu financiamento e a adesão executiva, a verdadeira tomada de decisão começa. Você precisará restringir as escolhas aos fornecedores que podem atender aos requisitos. Crie uma lista restrita de ofertas potenciais que atendam à maioria das suas condições gerais acordadas. Então, com essas opções definidas, você pode começar a examinar um pouco mais a fundo para descobrir o que realmente diferencia cada fornecedor/solução dos outros.

* Christiane Soto é gerente de Marketing na Oracle.

Be the first to comment

Comments ( 0 )
Please enter your name.Please provide a valid email address.Please enter a comment.CAPTCHA challenge response provided was incorrect. Please try again.